quarta-feira, novembro 22, 2006

Ela está comigo digo já nem sei

Já nem sei:

hoje já é mais que como se ontem:

o passado é feito uva passa -

saio dum namoro virtual pra entrar numa história real:

meu sobrenome ainda preserva intacta a justa família de minha mãe

e o legado português do arquipélago dos Açores,

que responde Santana pelo meu pai -

não quero falar muito da minha vida -

o que interessa a mim e a quem me ama

é toda poesia e vida que ainda vou fazer e receber:

daqui em diante nada mais me fará tanto mal

e todo flerte, fatalmente,

terá que ser e já vem tendo sido (sente?)

fatal.

Um comentário:

v.s.q. disse...

"daqui em diante nada mais me fará tanto mal"
espero que nem você mesmo.
muitos beijos