quinta-feira, setembro 28, 2017

AMOR É POLÍTICA

O Paraná é atualmente um estado lastimável.
Mas minha amada quem sabe esteja em estado interessante.

Curitiba é atualmente uma cidade excludente.
Mas minha amada talvez nunca tenha dor de dente.

Minha amada não é bem minha: é antes dela mesma.

Já a cidade é dos vampiros, e o estado, dos exploradores,
dos linchadores, dos corruptores, traidores, hipócritas
sacripantas complacentes mentirosos

Minha querida Curitiba: meu caro Paraná:
vocês atualmente não valem a sujeira do ânus
que eu lavo pra que minha amada
sinta apenas
o meu cheirinho
de piá fedido e suarento.

Com todo o alento.

ijs

quarta-feira, setembro 20, 2017

Anúncio de antiga boa nova, dedicado pra você

(naquela expectativa jamais frustrada...)

charada que se desenigma,
o amor eterno máximo anarquista
passa mais sutil que os passarinhos

ele é protopunk e come flores
mas quando ela a misteriosa vem
junto essa coisa até que se complica

um bardo sempre mal disfarça as cores
e as dores óbvias gritam mudas sem
poder atrapalhar a trapalhada-zona-zica

e um dia um casal sempre se encontra
mesmo há dez milhões de anos atrás

mesmo com um mundo tolo todo contra
e com tudo entre tanto toda via ou mas


ijs [pra ...]

quinta-feira, setembro 14, 2017

INVERNO ESTIVAL

('estival' significa "relativo ao verão", mas guglem assim mesmo)

O inverno nem acabou:
o inferno mau começou:
o inferno mal iniciou:
o tolo sequer estudou.

A temperatura é insana:
me gamo na mina bacana:
me dá gana ser Santana:
aí lembro que sim eu soul:
ânimo que a mina minou:
bagana de aminoácido
clássico e plácido e flácido
no almoço do fim da semana:

hare hare grana grana
ironia já pode dar cana

ijs