segunda-feira, outubro 30, 2006

O tempo é imblogável:

eis uma verdade:

eu poderia ter blogado sobre as vitórias históricas contra o nacional de montevidéu (a do dia 25, 4! x 1 na Arena, foi com direito a banho de bola e gol antológico...

eu poderia blogar sobre sábado à tarde, quando, em companhia de pantera Graziela e da onça Paola, vimos o CAP golear os paranitinhos por 4! x 0 (com direito a outro gol de parar o jogo e cumprimentar o craque, com felicitações extensivas ao time teu... :P

E sobre sábado à noite? Um Halloween inesquecível, pra preparar o espetáculo de amanhã: e ontem, em diálogo no Bar do Torto, confessei para duas bruxas o encontro que tive com a Princesa das Fadas Azuis: eu estava caracterizado como um Bruce Wayne de araque, e ela me desmascarou como o Oberon que sei mimicrizar: aqui está um trechinho da saborosíssima conversa, entreouvida pelos duendes enquanto bruxas e soldados sacudiam na pista:

Princesa: - Não me apetece o Funk carioca...
Eu: - Tampouco a mim..
...
*explosão conjunta de gargalhadas*

3 comentários:

Carla disse...

Eu não te vi dançando animadíssimo um Beastie Boys na Pedreira durante a noite de ontem, right? Assim, de sobretudo negro, aparentemente muito bebaco. Não, não vi.

Ivan disse...

Eu era sim, um Beastie Boy disfarçado - confesso:

Carla: você me viu : não dançou ao som dos Beastie Boys?

Bem, eu prefiro mais a Patty, mas tive que voar pra ver essa: e chorei.

Ivan disse...

E o meu sobretudo negro é sobretudo azul. Humpf. Bebaço : eu?
Três cervejas por minuto?

Humpf.