terça-feira, junho 19, 2007

O Sonho, de Henri Rousseau...


Yadwigha dans un beau rêve
s'étant endormie doucement
entendait les sons d'une musette
dont jouait un charmeur bien pensant.
Pendant que la lune reflète
sur les fleurs, les arbres verdoyants,
les fauves serpents prêtent l'oreille
aux airs gais de l'instrument.


Yadwigha em belo sonho

cochilava docemente

escutando os sons da flauta

que tocava um feiticeiro

enquanto a lua refletia

sobre rios e arbustos verdes

as serpentes dando ouvidos

a essas árias tão alegres


versão brasileira: Ivan Justen Santana

3 comentários:

Zoe de Camaris disse...

Que tal o Kubla Khan? Hein hein hein?

Brenda disse...

olá, ivan!
preciso falar contigo urgente sobre o porão loquax, no wonka.
a ieda me passou o seu nome.

entre em contato!

brenda.msantos@gmail.com
9905.3836

obrigada!

Charlene Weiss disse...

Oi Ivan!

Você não me conhece, mas eu o conheço de tanto o ouvir falar! Sou amiga da Raquel e da Monica, também escrevo algumas coisas (ou tento escrever!Escrevo no blog-contoscanalhas, com o fabiano Viana/fabz)! Suas poesias são algo do tipo pós-nostalgia! Não sei se me expressei bem...mas quero deixar aqui os parabéns pelo trabalho!

Quando puder, dê uma olhada no meu blog:http://betinaaindavive96.blogspot.com/

Charlene Weiss.