sábado, fevereiro 26, 2011

QUEM VAI COM FERGUS?

WHO GOES WITH FERGUS?

QUEM irá vagar com Fergus agora,
E perfurar do fundo bosque a sombra
Entrelaçada, e dançar sobre as praias?
Jovem, erga então sua fronte rubra,
E, donzela, erga as suas tenras pálpebras,
E sem medo olhem esperanças gaias.

WHO will go drive with Fergus now,
And pierce the deep wood's woven shade,
And dance upon the level shore?
Young man, lift up your russet brow,
And lift your tender eyelids, maid,
And brood on hopes and fear no more.


E não mais se debrucem a pensar
Sobre o amargo mistério do amor;
Pois Fergus guia ao bosque as sombras fundas,
E guia as carruagens brônzeas ao mar,
E os brancos seios do oceano interior
E todas as estrelas vagabundas.

And no more turn aside and brood
Upon love's bitter mystery;
For Fergus rules the brazen cars,
And rules the shadows of the wood,
And the white breast of the dim sea
And all dishevelled wandering stars.


Tradutor-Fergus: Ivan Justen Santana
William Butler Yeats
*

2 comentários:

Rodolfo disse...

Complicando a tradução (digo, a tradução ideal, que não alcançaremos nunca):

E agora
quem irá vagar com Fergus
e atravessar a sombra entretececida das florestas
e irá dançar na praia? Ergue,
meu guri,
as tuas ruivas sobrancelhas,
e as tuas pálpebras tão meigas, ergue, minha filha.
Cultivem esperanças e não tenham medo.

E não se ponham mais a meditar sobre os árduos mistérios
da paixão, pois Fergus rege
a carruagem brônzea e rege
as sombras da floresta e rege
o ventre branco de recifes fundos e todas as estrelas
errantes e despetaladas.

polacodabarreirinha disse...

Fiquei por fora algum tempo, Ivan, mas, agora, dentro, me incluo entre os degustadores. Abraço.