domingo, setembro 03, 2006

Terça Passada

Terça passada foi a vez do meu camarada rubro-negro Flávio Jacobsen fazer o porão Loquax.

Foi talvez o melhor porão da história: os músicos que acompanhavam (que tocam na banda do Flávio, o Gruvox) arrepiaram mesmo mesmo, os versos foram desenrolados com muita propriedade, e surtiram efeito. Apavoraram.

Depois, o microfone foi aberto e uma polêmica poética política comeu solta.

Mas, porém, contudo, no entanto, todavia, o meu amor, ela não estava lá.

Transcrevo então esses versinhos singelos do Flávio, na tentativa de costurar poeticamente, com atraso, mas com afeto, meu passado, meu presente e meu futuro.


eu vi
os olhos do tigre
detrás do vidro do ônibus
eu vi os olhos do tigre
atrás das grades
de uma jaula
de um caminhão
de um circo

2 comentários:

Flávio disse...

que legal, ivan... nossa, esse poema é antigo, ahco que eu tinha uns 16 anos... eu curti fazer o loquax tb, muito...

Priscila disse...

Ladrão de foto!
Que bom que trocou. Viu? Ficou muito bom.
Cheirinhos