terça-feira, julho 27, 2010

Mais um da Naomi...

Eu podia comentar muito a respeito,
mas só o farei após comentários de vocês.
Gritem...
Mas antes leiam:

LETTERS MY PREZ IS NOT SENDING
Naomi Shihab Nye

(aqui tem ela declamando este)

CARTAS QUE MEU “PRESI” NÃO VAI ENVIAR

Caro Rafik, Sinto muito pela partida de futebol
à qual você não vai mais, pois agora você
não tem mais...

Cara Fawziya, Sabe, eu também tenho uma mamãe
então posso imaginar o que você...

Cara Shadiya, Pense em seu pai
versus a democracia, aposto que você escolheria...

Não, não, Sami, não é verdade
isso que você disse no ato público,
que nosso país odeia vocês,
nós realmente apoiamos seu movimento
pela liberdade,
e é por isso que você não tem mais
casa, nem família, nem vilarejo...

Caro Hassan, Se ao menos você pudesse ver
a situação sob um ângulo mais abrangente...

Cara Maria, Surpreende-me que você tenha
o que aqui chamaríamos de um nome cristão
já que você mesma...

Cara Ribhia, Sinto muito por aquele ataque cardíaco,
eu sei que deve ter sido difícil para você viver
a vida inteira sob uma ocupação,
estamos mandando somente mais algumas bombas agora
para fortalecer seus opressores,
mas algum dia esperamos que a paz reine na região,
sinto muito que você não vai estar aí para ver...

Caro Suheir, Sem dúvida vozes foram feitas para se erguerem,
você não percebe que estamos falando
pelos seus próprios interesses...

Caro Sharif, A violência é uma coisa errada
a não ser quando somos nós que a usamos,
por que é que isso não faz sentido...

Cara Nadia, Eu não sabia da
sua gaveta especial, eu também gosto
de guardar umas coisinhas que significam muito pra mim…

Caro Ramzi, Você realmente precisa parar de chorar agora
e seguir adiante com os seus afazeres...

Caro Daddo, Eu sei que 5 filhos pequenos
deve doer muito perder de um golpe só
mas não podemos suspender nossos esforços...

Cara Fatima, É claro que eu tenho sentimentos
pelo seu povo, meu colega de quarto
era do Líbano...

Caro Mahmoud, gostaria de ter tempo para
responder sua carta, mas você deve compreender,
a pilha de correspondência aqui está impossível
e cada vez aumenta mais...


Naomi Shihab Nye
versão brasileira: Ivan Justen Santana

3 comentários:

Felipe disse...

Demais! Intenso como o Making a fist. :-)

Panda disse...

Que triste... mas genial.

Alberto Pucheu disse...

muito bom mesmo! poesia, política, vida... como é pra ser... parabéns pela tradução e divulgação.