domingo, setembro 29, 2013

ASSISTINDO AO RIO PASSAR

[Watching The River Flow -- Bob Dylan
versão brasileira: Ivan Justen Santana]

Qual é o problema comigo
Não tenho muito o que dizer
A aurora já se esgueira pela janela
E eu ainda aqui nesse café
De um lado pro outro sob a lua
Lá fora os caminhões vão devagar
Sento aqui nesse banco de areia
E assisto ao rio passar

Quem dera voltasse à cidade
Em vez desse velho banco de areia
O sol batendo sobre as chaminés
E por perto a amada, bem aquela
Se eu tivesse asas e voasse
Eu saberia por onde planar
Mas agora sento aqui satisfeito
E assisto ao rio passar

As pessoas discordam sobre tudo, é
Faz você parar e refletir
Por que ontem vi alguém na rua
Que não parava com o mimimi?
Ah, esse velho rio segue correndo
Não importa quem nele nem qual vento a soprar
E enquanto isso bem aqui me sento
E assisto ao rio passar

Pessoas brigando aonde quer que se olhe
Faz você parar e querer ler um livro
Por que ontem vi alguém na rua
Que só ficava se sacudindo
Mas esse velho rio segue correndo
Não importa quem nele nem qual vento a soprar
E enquanto isso bem aqui me sento
E assisto ao rio passar

...

Um comentário:

michèle sato disse...

ficou super boa a tradução!
melodiosa!!!

parabéns
*