segunda-feira, março 29, 2010

MAIS VERSINHOS AOS VINTE E NOVE DE MARÇO

Curitímida Curitilônia,
Culturistúbula Romiritiba,
Pinheiralma Ipecedônia:

A tua alma maldita de Medeia
Ainda guarda algo de Palas Ateneia

E ainda se escuta aqui – penal, vina, leite quente –
Nesta urbe experimental que tem um cu na frente.

Curitímida Curitilônia,
Culturistúbula Romiritiba,
Pinheiralma Ipecedônia:

Entre uma Pindamonhangaba e uma Paris,
Tu continuas Curitiba por um triz –

E este piá, que já te viu branca de neve,
Hoje é mais um poeta que te escreve –

Feliz aniversário.

7 comentários:

Curitiba é um copo vazio cheio de frio disse...

Massem! Já surrupiei!

Gianna Roland disse...

lindo Ivan,
a cidade se ilumina sempre que um poeta como vc, escreve pra ela...

linda imagem também.

Panda disse...

Lindo, Ivan!
Vou surrupiar tambem, posso?

Ivan disse...

Xanda:

poema que caiu na rede é peixe - surrupie à vontade!

Anônimo disse...

Ivan,


Curitiba merece mesmo ser homena.geada, depois de ler aqui


:-O

n.

cañete disse...

Bravo! clap,clap,clap
Uma dúvida sobre o comment que deixou, a tradução é a da música do bob dylan? porque essa nós já lemos, e relemos e ficou muito boa...o refrão ficou genial...

san disse...

O lance do ânus frontal me lembrou a mulher ideal do Juca Chaves, que tinha a bunda pra frente e os peitos nas costas. Segundo ele, ideal para se dançar juntinho.