terça-feira, agosto 14, 2012

TRÊS QUARKS

[James Augusta Joyce
Ivan Justen Santana]

--- Três quarks pro Mimostre Marcos!
Certo que os barcos dele já são meio parcos
E certo que todos que tem estão bem além de seus marcos.
Mas, Ó Ceus Corvopoderoso, seria assim tão para lá dos arcos
Vermos o velho babutre a crocitar por largas camisas de marca
E nuns escuros caçando as suas duas calças sujas nos Palmer-
__stown Parkos?

Hohohoho, moulti Marcos!
És o garnizé mais pigarrelante já esvoaçado da noelina arca

E achas que és o talo do galo tetrarca desta grata fuzarca.
Asas, alto! Tristinhoé é um espanto espartano e remarca
Que vai se casar e acasalar e a casa lar dela e escarlateá-la
Sem nunca picapiscar nenhuma pena de cauda nela ou de ala
E é assim que esse chapa fará sua grana e marca (em marcos)!

[FW : 383 : 1-14]

Clica e dá só uma olhada nessa versão do texto original...]

2 comentários:

Unknown disse...

maravilhivanoés!

Unknown disse...

maravilhivanoés!