segunda-feira, junho 21, 2010

01. Elabore um título ao seguinte poema e assim torne-se nosso(a) parceiro(a) --

- acréscimo em 23/06:
Resposta da questã 01: Thadeu postou este no blog dele, e acrescentou um título matador, o qual está agora acrescentado aqui: qualquer dúvida, leiam os comentários desta postagem...
*

O CÉU QUE ME TRAGA

eu fumo porque sei que vou virar fumaça
jamais enfrentarei filas no INPS
sete palmos abaixo e a terra me esquece
o poeta é a estrela cadente que passa

nesta terra de reis sou cego em meio à messe
de todo esse tabaco o qual vicia a massa
e me faz abusar do corpo que ultrapassa
a terra o mar o céu no eterno sobe e desce

e como tudo no universo se desfaz
faço de mim a brasa e também combustível
deixo de ser concreto pra ser invisível

em fogo em fúria som silêncio guerra e paz
como num verso que nenhum poeta fez
a estas constelações convergindo outra vez


Antônio Thadeu Wojciechowski
Ivan Justen Santana

5 comentários:

Gianna disse...

neblina truculenta

san disse...

Estarei bolando, entre um job, um post, um chileno barato ou vodka idem.

Que por enquanto Hollywood ainda está me perdendo e não sabe.

Passe lá em casa pra um café com bolinho de chuva e weed.

Saudade
San, com um tempo de vida improvável

Gianna disse...

Ivan Thadeu Santana Wojciechowski:

Sem chileno barato e "vodkaidem", apenas esperando pelo jogo da Argentina e Grécia, bocejando um pouco e vendo cair água do céu...

Anônimo disse...

É uma brasa! Mora?


n.

Ivan disse...

Comentário pra ninguém (ou seja pra todos e todas as ninguéns que leem mesmo este blog e lerão este comentário apesar de que daqui a pouco eu vou postar outro poema) -

o Thadeu deu um título imbatível (O céu que me traga) e ainda ousou revisar um ou dois versinhos que bolei: então vou re-revisar, intitular, e partir pra próxima, não sem antes agradecer:

Gianna, san & n. (a qual é a Nara, eu sei, não adianta se esconder aí atrás dessa letrinha, haha!) -

muito grato pelos comentários e sugestãs...