sexta-feira, dezembro 09, 2011

O PAPEL INGÊNUO DA VIDA

quem nunca fez uma cagada
que atire a primeira mãozada de bosta
a gente faz porque a gente gosta
cada um por si, todos por cada

Edilson Del Grossi, Edson de Vulcanis, Ars Magoo

...

Cada cagada que se faz no hoje
talvez amanhã se mostre um tesouro
e o gás que a algum nariz talvez enoje
será p’r’outra narina um peido de ouro.

Ivan, inspirando-se em seus irmãos camaradas

____________________________________________________________

2 comentários:

Alberto Centurião disse...

questão de fé ou de fezes
estrume adubo ou vinditas
o que fazes com as fezes
diz do que tu acreditas

(AC, 09/12/2011)

Anônimo disse...

Cagão!!

chico,